domingo, 26 de julho de 2009

Obviamente...

... tinha que postar (quanto mais não fosse, por razões viscerais...)

Ontem, deparei-me com um comentário a um post e qual não é o meu espanto, quando constato que o mesmo assume contornos, vá... estranhos!

Mas antes de mais, cumpre referir que o "Caipicola" tem mais um leitor. Tenha ele vindo, por mero acaso ou não, ao encontro do melhor blog do mundo, o que é facto é que veio cá parar!!

De facto, é com uma expressão de lamento (se pudessem ver a minha cara neste preciso momento...) que verifico que um tal de "icefrost" veio insurgir-se contra o post "Mas que escola é esta do Panda?", quase num tom de: "Vocês aí no Caipicola são politicamente incorrectos e eu vou sacar do meu lápis azul virtual! Nem que seja para vos corrigir quanto à origem da música". Enfim...

Claramente, este nosso "novo amigo" não percebeu o sentido do post em questão. Mas mais grave do que isso, na minha humilde opinião (e as opiniões valem o que valem), sinto que o mesmo não se deu ao trabalho de passar as pestanas por outros posts e muito menos, pelo próprio lema do blog... É pena! Teria percebido que o Caipicola assenta num registo leve e livre, de conteúdos essencialmente humorísticos (mesmo que os leitores não achem piada) e como tal, os administradores são livres de postarem sobre o que bem entenderem e fazem-no, fique sabendo ó "xôr" Elton Silveira, sem ofender ninguém e com o cuidado de não recorrer ao vernáculo, tão tipicamente português...
Aliás, se tivesse tido o cuidado de atentar minimanente nos conteúdos do blog, verificaria que o vernáculo português utilizado consta, apenas e só, em citações, devidamente contextualizadas, identificadas e assinaladas com aspas.

Não pense, porém, que fiquei desagradado com o que li.
Pelo contrário! Os administradores deste blog abrem sempre uma garrafa de champanhe, cada vez que tomam conhecimento da existência de um novo leitor!

Ressalvo apenas alguma arrogância ou prepotência da sua parte, "icefrost", quando diz "É esta a lição para hoje.", mas tendo em conta que esse comentário vem dessa zona do país, não fico surpreendido.

De todo o modo, obrigado e volte sempre ao Caipicola. Espero que o clima esteja agradável aí por Odivelas!

Felicidades para a sua irmã, a Administração.

sexta-feira, 24 de julho de 2009

Para lá de amor!

Txiiii....já não escrevia aqui há tanto tempo que até tive de alterar a minha password para fazer o login porque já não me lembrava da outra! Estou a brincar, como é óbvio. Eu memorizei a password no primeiro dia!

O que interessa é que estou de volta e venho aqui escrever sobre como é difícil, por vezes, mostrar os nossos sentimentos e falar sobre eles.

Há pouco tempo, começou na RTP2 um programa, do qual até sou fã, intitulado "5 Para a Meia Noite". Baseia-se num talk show, apresentado por 5 pessoas diferentes, um em cada dia. da semana Cada apresentador tem as suas próprias rubricas e é uma delas que eu venho aqui mostrar.

À Quarta-feira, o programa é liderado pelo Nilton e ele, quanto a mim, criou a melhor rubrica de todo o programa até agora. A única capaz de rivalizar com esta é a dos anúncios do jornal Ocasião. Quem já viu sabe do que estou a falar (p.s.: Mano, se leres isto comenta que é para o pessoal não pensar que estou a inventar!). Nestes anúncios, podemos encontrar pessoas que querem vender desde comandos de aparelhagem porque lhes roubaram a aparelhagem mas deixaram o controlo remoto, que agora não lhes dá jeito nenhum, até pessoas que querem vender o anel de noivado que iam oferecer à namorada mas entretanto tudo acabou e agora o dinheiro dá mais jeito.

Mas voltando à melhor rubrica, a do Nilton. Esta intitula-se "Eu amo você". É bastante simples, o Nilton liga para locais públicos, e/ou pessoas dadas a serviços públicos, e declara o seu amor pela pessoa que atende. Ora, tendo em conta que o programa normalmente só no título é que se passa antes da meia noite, eu diria que ele podia ter escolhido outra hora para falar de assuntos sérios como o amor. Depois queixa-se que as pessoas levam a mal.

Não há muito mais a dizer a não ser que, na minha opinião, o Nilton, neste caso, estava a declarar o seu amor, indirectamente, à sua convidada. Se calhar tinha ganho mais alguma coisa, mas não seria tão fixe. Aqui fica a declaração de amor:



Eu amo você, a Administração.

quarta-feira, 8 de julho de 2009

Por falar em Educação...

Todos nós ouvimos falar do concurso de professores, no que concerne à colocação em determinado estabelecimento de ensino, leia-se escola, de vários profs portugueses e não só.

Aliás, ao que parece, ou pelo menos a julgar por aquilo que me zumbiu, foi divulgada no início da semana uma lista referente à colocação de não-sei-quantos mil professores por escolas desse imenso Portugal.

Ora, como estamos em período de férias "grandes", sugiro um vídeo, de carácter altamente pedagógico e do qual, penso que muitos professores deviam retirar ideias ou "copiar" o que nele se pode ver para, quiçá, colocar em prática a partir do próximo mês de Setembro...

Sem mais vídeos, despeço-me prometendo voltar com um vídeo do nosso "semi-conterrâneo" e agora ex-ministro da Economia, Manuel Pinho.


video
Lamparinamente, a Administração.

Sem palavras...

... leitores, venho aqui deixar-vos um vídeo deveras engraçado e, como tal, vou abster-me de qualquer tipo de comentário, dado que aquilo que irão ver de seguida, vale por si mesmo e dispensa grandes (ou pequenas) discussões!

Queria apenas referir que quando ouvimos a senhora dizer "No! No!", se calhar, ela queria efectivamente dizer yes, yes...

Aqui fica e espero que gostem...

video
À canzana, a Administração.